Confirmada Edição Presencial da Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios em Gramado

Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios está confirmada de forma presencial para os dias 16, 17 e 18 de novembro, no Centro de Eventos do Serra Park, em Gramado (RS). A confirmação foi dada pela Merkator Feiras e Eventos, empresa promotora da feira, que está amparada no decreto de número 55.240, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, de 29 de setembro de 2020.  Esta é uma das notícias mais esperadas pelo setor coureiro calçadista nas últimas décadas em função das perdas acumuladas pelas indústrias devido ao desaquecimento do mercado em função da pandemia do Coronavirus, desde o mês de março deste ano.

A feira vai acontecer obedecendo rígidos protocolos, como diz o texto do decreto estadual “os organizadores deverão seguir, integralmente todos os protocolos e regras já estabelecidos na Portaria 617/2020, da Secretaria da Saúde”. Segundo o diretor da Merkator Feiras e Eventos, empresa promotora da feira, “nós estamos empenhados em fazer um evento dentro de todas as regras para marcar a retomada deste setor que está necessitando muito de um ânimo para começar 2021 de uma maneira bem promissora”, salienta Pletsch.

Já estão confirmados para a feira, que lança as coleções outono/inverno, 220 expositores dos polos brasileiros de calçados, somando cerca de 1000 marcas dos segmentos femininos, masculinos, infantis e esportivos, além de bolsas, cintos e demais acessórios. “Estávamos ansiosos pela definição do governo e agora já estamos comunicando os expositores e os lojistas para que possam dar inícios aos últimos preparativos para a feira”, acentua Pletsch.

O setor calçadista brasileiro foi um dos mais atingidos pela desaceleração do mercado, chegando a registrar índices alarmantes em termos de fechamento de postos de trabalho. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados – Abicalçados – os números do setor foram os seguintes: 43 mil postos de trabalho fechados entre janeiro e julho, perdas de vendas no mercado domésticos 37% menos que o mesmo período do ano passado, e as exportação caíram de 25% já de janeiro a agosto deste ano em comparação ao ano passado.

– Agora nos resta organizar uma feira completamente diferente de tudo que já realizamos até agora com a finalidade de auxiliar o mercado ingressar na normalidade possível. Faremos um palco ideal para negócios nos dias de hoje. Não vamos esquecer, por nenhum instante, que ainda estamos numa pandemia e que são necessárias medidas sanitárias preventivas e rigorosas para cuidar da saúde de todas pessoas que vão estar conosco nos pavilhões”, finaliza Frederico Pletsch.

PARCEIROS QUE VISUALIZAM A NECESSIDADE DO MERCADO – Zero Grau conta com o apoio do Sindicato da Indústria de Calçados de Estância Velha, Sindicato da Indústria de Calçados de Ivoti, Sindicato da Indústria de Calçados de Igrejinha, Sindicato da Indústria de Calçados de Novo Hamburgo, Sindicato da Indústria de Calçados de Parobé, Sindicato da Indústria de Calçados de Sapiranga e Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas.     

Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios

Uma feira cada vez mais internacional. Serão muitos os sotaques e línguas ouvidos nos corredores do Serra Park, em Gramado/RS, durante a realização da Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios. A organização do evento, a cargo da Merkator Feiras e Eventos tem trabalhado para ampliar o volume de compradores estrangeiros presentes na feira, que lança a moda outono/inverno 2020. A feira será realizada de 18 a 20 de novembro.

Mercados que tradicionalmente são compradores dos calçados e acessórios brasileiros, como os sul-americanos da Bolívia, da Colômbia, e do Uruguai, as maiores delegações, do Equador, do Paraguai e da Argentina, e do Peru, que tem se destacado nas importações, devem ser maioria entre os estrangeiros presentes. “São mercados que conhecem profundamente as nossas marcas e têm identificação com os nossos produtos. O consumidor desses países já está fidelizado, e esses compradores vêm à feira para renovar os seus estoques”, explica o diretor da Merkator, Frederico Pletsch.

O desembarque internacional do Aeroporto Internacional Salgado Filho receberá também visitantes vindos de países como Arábia Saudita, Oman, Estados Unidos, Israel, Paquistão, África do Sul, Panamá, Rússia, França, Itália, Portugal, Coréia do Sul, Tailândia, Moçambique, Costa Rica e Romênia. “Queremos que a Zero Grau cada vez mais seja uma vitrine do produto brasileiro para mundo, atraindo negócios em diferentes mercados e ampliando o alcance das nossas empresas. O objetivo é ampliar as relações das empresas brasileiras, além de reforçar laços já existentes”, reforça o diretor da Merkator.