Feira Zero Grau gera otimismo no mercado

Com as expectativas de aquecimento da economia no último trimestre do ano, momento quando vai acontecer a primeira feira presencial de calçados neste ano, fabricantes já projetam um movimento acima do normal em relação a qualquer outro evento setorial. É nesta esteira que vai acontecer a Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios,  de 15 a 17 de novembro, nos pavilhões do Serra Park, em Gramado (RS). “É com esta lógica que estamos trabalhando nos bastidores da feira para organizar um palco que abrace todas as expectativas tanto as emocionais, de um primeiro reencontro, como as comerciais que vão colocar frente a frente indústria e varejo com coleções específicas para o final de ano e para os primeiros meses do ano que vem”, diz Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, promotora da feira.

– Estamos otimistas com a feira e apontamos duas situações distintas: com a vacinação avançando, acreditamos que, em novembro, uma grande maioria dos profissionais do setor já estarão imunizados com a segunda dose, oferecendo uma segurança para o retorno aos eventos presenciais. Este será um momento impar em nossa cadeia produtiva”, diz Sérgio Bocayuva, CEO da Usaflex. Em seu segundo apontamento, ele acrescenta que sua empresa terá uma atuação forte e diferenciada. “Estamos apostando nesta realidade e vamos levar para a feira 50% a mais de lançamentos do que costumamos expor em eventos. Percebemos que a economia já está voltando e em novembro o movimento será praticamente igual ao período pré-pandemia”, ressalta o empresário.

Zero Grau 2020 – Crédito: Dinarci Borges

Também a presença de micro e pequenas empresas será relevante na feira, diz Marco Aurélio Copetti, gerente regional Sinos, Cai e Paranhana do SEBRAE/RS. Ele sublinha que a pandemia “reduziu o mercado, o setor se tornou cada vez mais competitivo com custos mais impactados. E por isto, a recuperação vai ser mais lenta, o nível de interação dessa pequena indústria com o mercado de varejo vai ser desafiador.  Para ele, a Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios vai marcar o início desta recuperação do setor, mas principalmente para as micro e pequenas indústrias. Já estamos trabalhando fortemente a marca Estação Moda Rio Grande do Sul” enfatiza Copetti. Ele complementa anunciando novidades: “não apoiaremos apenas o Estação Moda Rio Grande do Sul, como é de praxe na nossa metodologia. Nós já temos uma negociação muito forte com a Merkator, grandes parceiros, e vamos apoiar outras micro e pequenas indústrias no sentido de trazer pujança ao setor neste momento tão importante que estamos atravessando”, finaliza.

Para ilustrar estas opiniões, seguem algumas marcas já confirmadas na feira que sustentam estas expectativas. De calçados femininos estão: Bebecê, Werner e Cecconello, de calçados masculino: Ferracini, Pegada e Democrata, de calçados infantis: Molekinha, Bibi e Kidy, de calçados esportivos: Mormaii, Fila e Dalponte e de acessórios: Rafitthy, Petite Jolie e Linea Bella. Todas as demais marcas presentes até agora estão no site: www.feirazerograu.com.br

PARCEIROS QUE VISUALIZAM A NECESSIDADE DO MERCADO – Zero Grau conta com o apoio do Sindicato da Indústria de Calçados de Estância Velha, Sindicato da Indústria de Calçados de Ivoti, Sindicato da Indústria de Calçados de Igrejinha, Sindicato da Indústria de Calçados de Novo Hamburgo, Sindicato da Indústria de Calçados de Parobé, Sindicato da Indústria de Calçados de Sapiranga e Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas.                           

Confirmada Edição Presencial da Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios em Gramado

Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios está confirmada de forma presencial para os dias 16, 17 e 18 de novembro, no Centro de Eventos do Serra Park, em Gramado (RS). A confirmação foi dada pela Merkator Feiras e Eventos, empresa promotora da feira, que está amparada no decreto de número 55.240, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, de 29 de setembro de 2020.  Esta é uma das notícias mais esperadas pelo setor coureiro calçadista nas últimas décadas em função das perdas acumuladas pelas indústrias devido ao desaquecimento do mercado em função da pandemia do Coronavirus, desde o mês de março deste ano.

A feira vai acontecer obedecendo rígidos protocolos, como diz o texto do decreto estadual “os organizadores deverão seguir, integralmente todos os protocolos e regras já estabelecidos na Portaria 617/2020, da Secretaria da Saúde”. Segundo o diretor da Merkator Feiras e Eventos, empresa promotora da feira, “nós estamos empenhados em fazer um evento dentro de todas as regras para marcar a retomada deste setor que está necessitando muito de um ânimo para começar 2021 de uma maneira bem promissora”, salienta Pletsch.

Já estão confirmados para a feira, que lança as coleções outono/inverno, 220 expositores dos polos brasileiros de calçados, somando cerca de 1000 marcas dos segmentos femininos, masculinos, infantis e esportivos, além de bolsas, cintos e demais acessórios. “Estávamos ansiosos pela definição do governo e agora já estamos comunicando os expositores e os lojistas para que possam dar inícios aos últimos preparativos para a feira”, acentua Pletsch.

O setor calçadista brasileiro foi um dos mais atingidos pela desaceleração do mercado, chegando a registrar índices alarmantes em termos de fechamento de postos de trabalho. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados – Abicalçados – os números do setor foram os seguintes: 43 mil postos de trabalho fechados entre janeiro e julho, perdas de vendas no mercado domésticos 37% menos que o mesmo período do ano passado, e as exportação caíram de 25% já de janeiro a agosto deste ano em comparação ao ano passado.

– Agora nos resta organizar uma feira completamente diferente de tudo que já realizamos até agora com a finalidade de auxiliar o mercado ingressar na normalidade possível. Faremos um palco ideal para negócios nos dias de hoje. Não vamos esquecer, por nenhum instante, que ainda estamos numa pandemia e que são necessárias medidas sanitárias preventivas e rigorosas para cuidar da saúde de todas pessoas que vão estar conosco nos pavilhões”, finaliza Frederico Pletsch.

PARCEIROS QUE VISUALIZAM A NECESSIDADE DO MERCADO – Zero Grau conta com o apoio do Sindicato da Indústria de Calçados de Estância Velha, Sindicato da Indústria de Calçados de Ivoti, Sindicato da Indústria de Calçados de Igrejinha, Sindicato da Indústria de Calçados de Novo Hamburgo, Sindicato da Indústria de Calçados de Parobé, Sindicato da Indústria de Calçados de Sapiranga e Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas.     

O SICC 2020- Salão Internacional do Couro e do Calçado terá Plataforma Digital

Neste ano, a experiência do setor calçadista para os lançamentos primavera/verão 2020/2021 será de forma digital. Já estão abertas as inscrições para a edição on line do SICC – Salão Internacional do Couro e do Calçado que vai acontecer no dia 07 de julho, das 09 às 21h, na plataforma eMerkator. No endereço eletrônico: https://emerkator.com.br o tradicional público da feira como o industrial, lojista, representante, profissionais do setor, imprensa e o visitante pode fazer desde já o seu credenciamento. 

Serão 12 horas de novas formas na busca de informação e de conteúdos diferenciados. “A plataforma é uma ferramenta potente de rede e de mercado que permite aos expositores aumentarem a sua visibilidade junto aos compradores nacionais e internacionais para ativar contatos de negócios”, diz Frederico Pletsch, diretor de Merkator Feiras e Eventos. Pletsch salienta também que nesta edição do SICC on line também terá ambientes para discussões da realidade do setor.  

Frederico Pletsch, diretor de Merkator Feiras e Eventos Foto: Dinarci Borges

As marcas calçadistas de relevância no mercado nacional vão estar apresentando suas coleções para a temporada quente do ano. “A nossa expectativa é de uma mobilização inédita do varejo neste dia na busca de lançamentos e novidades. Existe um desejo para isto. Acreditamos que os nossos expositores vão conseguir uma audiência expressiva dos lojistas de todo o país e de importadores, principalmente início da reabertura na maioria dos Estados brasileiros”, diz Pletsch. Cada expositor terá um espaço exclusivo projetado em 3D para a navegação do lojista e do visitante com a disponibilidades de exposição de materiais específicos como fotos, vídeos e catálogos virtuais.

A programação foi cuidadosamente construída para abrir um formato inovador na área de eventos do setor de calçados no Brasil com traço para marcar a história no calendário nacional. Os conteúdos são: Fashion Snoops apresenta Painel Tendências, 09h15 às 09h45; Fred Rocha fala do “O futuro do seu negócio depende de você hoje” das 10h às 11h30, a Universidade Feevale apresenta Painel Economia das12h15 às 13h, Juan Pablo Boeira  traz a palestra “INNOVAÇÃO FRUGAL Uma nova metodologia de Inovação mais rápida e mais barata para tempos de crise entre”  13h15 e 14h15, Caito Maia apresenta  “A loja do futuro: o varejo voltará muito mais forte!”, das 14h30 às 15h30, a seguir vem um painel especial sobre Logística e logo após Dayana Wasem fala “Como montar uma estratégia de compra personalizada” entre 16h45 e 17h45. Maicon Dias faz a palestra “Na mente do consumidor” das 18h às 19h, – Linx SetaDigital apresenta “Painel Tecnologia” das 19h15 às 20h, e Rossandro Klinjey mostra como o Equilíbrio emocional é a chave para qualquer recomeço, pessoal e profissional na última palestra do dia. Todo este evento tem o patrocínio da Linx SetaDigital.

PROMOTORA – A Merkator Feiras e Eventos tem a parceria das seguintes entidades: Sindicato da Indústria de Calçados de Estância Velha, Sindicato da Indústria de Calçados de Ivoti, Sindicato da Indústria de Calçados de Igrejinha, Sindicato da Indústria de Calçados de Novo Hamburgo, Sindicato da Indústria de Calçados de Parobé, Sindicato da Indústria de Calçados de Sapiranga e Sindicato da Indústria de Calçados de Três Coroas.

Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios

Uma feira cada vez mais internacional. Serão muitos os sotaques e línguas ouvidos nos corredores do Serra Park, em Gramado/RS, durante a realização da Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios. A organização do evento, a cargo da Merkator Feiras e Eventos tem trabalhado para ampliar o volume de compradores estrangeiros presentes na feira, que lança a moda outono/inverno 2020. A feira será realizada de 18 a 20 de novembro.

Mercados que tradicionalmente são compradores dos calçados e acessórios brasileiros, como os sul-americanos da Bolívia, da Colômbia, e do Uruguai, as maiores delegações, do Equador, do Paraguai e da Argentina, e do Peru, que tem se destacado nas importações, devem ser maioria entre os estrangeiros presentes. “São mercados que conhecem profundamente as nossas marcas e têm identificação com os nossos produtos. O consumidor desses países já está fidelizado, e esses compradores vêm à feira para renovar os seus estoques”, explica o diretor da Merkator, Frederico Pletsch.

O desembarque internacional do Aeroporto Internacional Salgado Filho receberá também visitantes vindos de países como Arábia Saudita, Oman, Estados Unidos, Israel, Paquistão, África do Sul, Panamá, Rússia, França, Itália, Portugal, Coréia do Sul, Tailândia, Moçambique, Costa Rica e Romênia. “Queremos que a Zero Grau cada vez mais seja uma vitrine do produto brasileiro para mundo, atraindo negócios em diferentes mercados e ampliando o alcance das nossas empresas. O objetivo é ampliar as relações das empresas brasileiras, além de reforçar laços já existentes”, reforça o diretor da Merkator.